PR: Richa ultrapassou todos os limites! Comete crimes e deve ser preso!

Screenshot_2015-04-29-16-26-56
Servidora da prefeitura de Curitiba denuncia a situação.

A polícia militar, sob a direção de Beto Richa (PSDB), está neste momento agredindo os manifestantes na praça Nossa Senhora de Salete. Notícias dão conta de que há feridos sendo atendidos na prefeitura e no Tribunal de Justiça. Outros ainda não foram removidos. As informações indicam que alguns estão em estado grave. Segundo a APP Sindicato, que representa os professores, houve 25 minutos contínuos de tiros contra a população. Também cães e bombas estão sendo usados. O caminhão e a câmera do sindicato dos professores foi arbitrariamente apreendido.

Hoje o Ministério Público do Paraná publicou a orientação n.o 1/2015 para que o governo estadual não cometesse esses atos arbitrários, contrários aos direitos humanos. O descumprimento das orientações ensejaria punição. Está na hora de prender o governador Beto Richa, que se tornou um criminoso execrável. Sua permanência em liberdade coloca em risco o povo paranaense.

Atualização: segundo a APP, já há 107 feridos. Bombas foram jogadas contra a prefeitura, para onde os feridos estão sendo levados.

Atualização 2: bombas estão sendo jogadas contra ambulâncias. No direito internacional, isso é crime de guerra.

Atualização 3: Gazeta do Povo noticia 8 feridos em estado grave. Há professores presos pela PM dentro da Assembléia Legislativa. A casa do povo virou centro de detenção.

Atualização 4: do jornal tradicional de Curitiba, Gazeta do Povo – Bombas e tiros foram disparados sem qualquer justificativa possível

Atualização 5: gás das bombas usadas pela Polícia Militar atinge creche.

Atualização 6: duas pessoas já relataram que bombas estão sendo jogadas do helicóptero da PM.

Atualização 7: segundo o SAMU, 150 pessoas receberam atendimento devido ao massacre no Centro Cívico de Curitiba. 8 em estado grave. A creche atingida pelo gás lacrimogênio era um Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI). Veja mais imagens no Pragmatismo Político.

Atualização 8: Além do informado na atualização 7, consta que os ferimentos foram em decorrência de projéteis de borracha e mordidas de cães policiais. O vídeo abaixo mostra as bombas caindo do helicóptero da PM. São 12 minutos de tiros e bombas contra o povo paranaense. Consta que a comissão do Senado Federal que foi hoje acompanhar a situação também foi atingida.

Atualização 9: Esmael Morais divulgou vídeo em que membros do gabinete do governador Beto Richa (PSDB) comemoram o massacre. Em outra postagem, disse:

“Helicópteros disparavam a esmo bombas contra o povo”, testemunhou horrorizada a senadora Gleisi Hoffmann (PT), em missão oficial do Senado, ao atravessar a Praça Nossa Senhora Salete.

Em discurso em frente à Assembleia Legislativa, o senador Roberto Requião (PMDB) disse que pedirá intervenção federal no Paraná. Segundo o peemedebista, o governador ficou doido ao utilizar a força policial contra o povo.

Vanderlei Numnes, cinegrafista da TV 15 e do Blog do Esmael, foi alvo de um disparo de bomba de helicóptero. A transmissão ao vivo do confronto foi interrompida devido ao ferimento do profissional, que foi atacado covardemente pelo ar. O equipamento foi completamente destruído.

Atualização 10: 17 policiais foram presos por se recusarem a participar da barbárie. Prefeitura informa que atendeu 200 feridos. Além do cinegrafista da TV 15, Rafael Passos, da CATVE, e um cinegrafista também foram feridos. Rafael Passos, por bala de borracha, o da Band, por mordida de cão policial. 10 pessoas foram presas, sendo 7 sindicalistas. Voltamos à ditadura?

Atualização 11 (30/4): Nova contagem traz 220 feridos. O número de 17 policiais presos por se recusarem a participar do massacre teria sido fornecido pela PM ao jornal O Estado de S. Paulo.

Selvageria

Posted by Ismael de Freitas on Quarta, 29 de abril de 2015

 

(Foto em destaque: massacre da praça Nossa Senhora de Salete — Pragmatismo Político)

One thought on “PR: Richa ultrapassou todos os limites! Comete crimes e deve ser preso!”

Deixe uma resposta